Segunda, 27 Maio 2019

Antonio Carlos Magalhães Junior recebe medalha Ordem do Mérito Industrial da CNI

A maior honraria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a medalha Ordem do Mérito Industrial, foi entregue na noite de quinta-feira (23) ao presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Junior, durante solenidade comemorativa em homenagem ao Dia da Indústria, na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb).

"É um reconhecimento da indústria aos serviços prestados por ele ao setor na Bahia tanto na área empresarial como na política. A medalha é a maior honraria da CNI e é entregue anualmente a 10 personalidades brasileiras escolhidas entre as 27 federações", disse o  diretor da CNI, Amaro Sales de Araújo.

A medalha foi criada em 1958 e entregue à personalidades como os ex-presidentes Juscelino Kubitschek e Fernando Henrique Cardoso; o ex-vice-presidente José de Alencar e os industriais Jorge Gerdau, Antônio Ermírio de Moraes, Eliezer Batista e Ivo Hering.

O presidente da Rede Bahia recebeu a medalha de Amaro de Araújo, além do presidente da Fieb, Ricardo Alban, e de sua esposa, Rosário Magalhães. Durante seu discurso, Antonio Carlos Junior destacou a história da industrialização da Bahia e a importância do setor para o crescimento da economia do estado. As contribuições políticas do senador Antonio Carlos Magalhães, seu pai, para a instalação de indústrias no estado também foram lembradas por ele, além da contribuição atual de seu filho,  ACM Neto, o prefeito de Salvador.

Ele ainda reafirmou o compromisso da Rede Bahia com a indústria baiana e com o desenvolvimento econômico, social e cultural da Bahia. "É com muita emoção e satisfação que eu recebo essa honraria máxima da indústria e obviamente que a Rede Bahia também se considera premiada por conta do trabalho que fizemos buscando apoiar o desenvolvimento do estado".

Presente à solenidade, o  vice-governador da Bahia, João Leão, afirmou que a medalha entregue a Antonio Carlos Junior foi "justa e merecida" e afirmou ter uma admiração pelo trabalho desenvolvido por ele. "Tive o prazer de ser colega e conviver com Antonio Carlos Junior no Congresso Nacional. Tenho por ele uma admiração muito peculiar em função de sua maneira de ser, de pensar as coisas. Quero dizer que essa é uma homenagem muito justa e que valeu a pena", discursou Leão.

O deputado estadual Alex Lima, que representou o presidente da AL-BA, Nelson Leal, destacou os feitos do deputado Luís Eduardo Magalhães, irmão de Antonio Carlos Junior. "É impossível a gente falar sobre contribuição para a indústria e crescimento econômico da Bahia e não lembrar de Luís Eduardo Magalhães e todos os feitos que foram feitos por ele em vida".

Em viagem a Brasília, o prefeito ACM Neto foi representado pelo vice-prefeito, Bruno Reis. "A homenagem da CNI é um reconhecimento ao trabalho do grande empresário Antonio Carlos Junior, que na sua área de atuação estimula o crescimento industrial de nosso estado. A CNI reconhece sua trajetória e presta essa merecida homenagem", afirmou Bruno Reis.

 
Família

Rosário Magalhães destacou: "Para todos nós da família e amigos é um orgulho muito grande. Ele é merecedor por toda a história dele de dedicação à vida empresarial e envolvimento dele com as questões da nossa cidade, estado e país. Ele sempre está presente em todas as mesas de discussão e contribuindo enormemente com toda a sua capacidade, e tem uma relação muito próxima com a Fieb e CNI e essa homenagem foi merecida".

O prefeito ACM Neto enviou uma carta prestigiando a honraria a seu pai e, posteriormente, o homenageou em suas redes sociais. "Quanto orgulho de meu pai, que acaba de receber a Outorga de Ordem do Mérito pela Fieb. Infelizmente não pude estar aí hoje (dia 23/05), mas destaco minha admiração por você todos os dias, que segue contribuindo no desenvolvimento industrial do estado. Parabéns, pai!".

A diretora e acionista do CORREIO e filha de Antonio Carlos Junior, Renata Correia, destacou os feitos do pai à frente da empresa e as contribuições ao setor. "É uma honra tanto como filha, como membro da Rede Bahia, estar celebrando o meu pai, nada mais do que merecida a honraria por tanto apoio à indústria ao longo desses anos à frente da Rede Bahia", disse.